Casamento ecumênico

Aquele casamento universal …?

O casamento é uma data muito marcante, um divisor de águas na vida de um casal.

Você já mora junto? Ainda assim essa data será este divisor para você!

Esse momento ainda assim vai se eternizar. Será a marca de uma união para o universo.

Muitas vezes acontece de cada um no casal ter as suas crenças e descrenças, muitas vezes elas não são unas. Mas a união se faz através do amor, compreensão, companheirismo ou mesmo de visões de um futuro comum.

Se este é o seu caso, uma opção de celebração para o seu grande dia é uma cerimônia ecumênica.

Esse tipo de cerimônia é aquele universal. Existem vários ritos que se encaixam muito bem para um casamento nesses moldes. Vamos ver alguns deles?

Cerimônia das Areias

O frasco simboliza a pessoa, una, indivisível. A areia dentro dentro do frasco simboliza a vida, as experiências, a família, os amigos, as relações, aquilo que a pessoa carrega dentro de si.

Então, esses dois frascos, duas pessoas, se unirão num terceiro frasco, formando uma família, construindo uma relação na qual as experiências vão se juntar de maneira heterogênea, mas irão se juntar.
Esses grãos de areia nunca poderão ser separados e derramados novamente nos recipientes individuais, assim como o casamento.
As marcas de um já foram deixadas na vida do outro e não há como desfazer essas marcas.
 

Cerimônia da Árvore

 
No altar fica uma muda de uma árvore, à disposição dos noivos, dois vasinhos menores com terra adubada e um regador com água. Ao sinal do celebrante, os noivos devem pegar seus vasinhos de terra e despejá-los no vaso que contém a muda. Em seguida, a planta deve ser regada pelo casal.
A muda da árvore ao final do evento deve ser plantada num terreno escolhido pelos noivos. Essa cerimônia carrega principalmente a simbologia de que os noivos deverão cuidar do seu amor da mesma forma que cuidarão da árvore. Assim como o amor, a árvore para viver precisa de raiz profunda, amor, carinho e cuidado.
 

Cerimônia da Vela

Uma vela representa a família da noiva, outra a do noivo, a terceira será acesa para representar a nova família que surge dessa união. Primeiro, os pais (ou somente a mãe) dos noivos acendem, cada um, a vela de sua sua família e a entrega aos seus respectivos filhos. O casal então une as duas chamas e acende uma nova vela no altar. Essa terceira vela simboliza a família que se inicia naquele momento.

Cerimônia do Vinho

Duas taças são colocadas no altar: uma com vinho tinto e outra com vinho branco. Um simbolizando os momentos de maiores dificuldades ou tormentas e o outro simbolizando os momentos de paz e calmaria. O casal pega as taças e coloca os líquidos em um recipiente maior (jarra) para que se misturem, formando uma bebida rosada. Que representa todos os momentos que o casal passará durante a vida. Em seguida, esse líquido é servido nas taças e os noivos bebem dele, simbolizando que os dois agora são um só, inseparáveis, que partilharão por igual os bons e maus momentos da vida que segue.

 

 

 

z

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *